Roteiro Cultural pelos Parques de Goiânia.

Roteiro Cultural pelos Parques de Goiânia.

O goianiense que nunca proferiu ou pelo menos ouviu a seguinte frase “Goiânia é a capital mais arborizada do Brasil!”, que atire a primeira pedra. Muitos de nós já enchemos o peito de orgulho para soltar essa frase numa mesa de bar ou para impressionar algum amigo de outro Estado que veio conhecer as belezas da capital goiana. E o senso comum não estava errado.


É que segundo pesquisa divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) Goiânia foi apontada como a segunda capital mais arborizada do país, atrás apenas de Campo Grande. A nossa capital possui um índice de arborização que chega aos 89,5%. Assim, os inúmeros parques da capital, é claro, contribuem e muito para que tenhamos um índice tão elevado.

É por esse motivo que o Roteiro Cultural desta semana fez uma seleção dos maiores parques de Goiânia e convida você a conhecer um pouquinho mais de cada um deles. E para que o conhecimento não fique só no papel, levantamos todas as linhas de ônibus que passam por cada parque. Assim, você pode se programar melhor e conferir pessoalmente o que Goiânia oferece quando o assunto é natureza! Vamos com a gente?

Parque Vaca Brava

Parque Vaca Brava
Localização e Linhas: Situado na Avenida T-10, em frente ao Goiânia Shopping. Passam por ali, as linhas 011, 017, 019, 026, 900, 907, 951 e 952. Existe um ponto de desembarque bem em frente ao parque.

Planejado em 1991 no Setor Bueno pela prefeitura da cidade, o Parque Vaca Brava, na verdade, foi originalmente batizado de Parque Sulivan Silvestre. Mas o nome que acabou pegando mesmo foi “Vaca Brava”, em homenagem a uma das três fazendas que foram tiveram suas áreas usadas na construção de Goiânia. Possui 79.800 metros quadrados, sendo que a maior parte do espaço é ocupada por um pequeno bosque com espécies nativas de fauna e flora. Possui uma pista de cooper que o rodeia, por onde caminham centenas de pessoas diariamente.Aos finais de semana é comum a presença de pais de família, que levam os filhos para se divertirem em torno do lago, que possui um enorme chafariz para oxigenar a água.

Parque Flamboyant

Parque Flamboyant
Localização e Linhas: situada entre as Ruas 15, 12, 46, 55, 56 e a Avenida H, no Jardim Goiás. Para chegar ao local, basta embarcar em uma das seguintes linhas: 325, 900, 901, 283. Todas param bem pertinho do parque!Situado no Jardim Goiás, próximo ao Estádio Serra Dourada, este é um dos mais recentes parques de Goiânia. Foi entregue pela prefeitura no ano de 2007, com a finalidade de preservar e recompor áreas de vegetação natural, associadas às atividades de lazer e à melhoria da qualidade de vida dos goianienses.

Segundo a prefeitura, o parque consumiu recursos na ordem de R$ 2 milhões e teve suas obras iniciadas em agosto de 2006. Possui pista de caminhada de 2 km, pista de bicicleta, caminhos internos, dois lagos com quatro pontes de madeira, cinco estações de convivência, parque infantil, jardim japonês, uma fonte luminosa e até estacionamento para ônibus. Ideal para um passeio dominical com a família!

Zoológico de Goiânia

Horto Florestal e Parque Zoológico de Goiânia
Localização e Linhas: Situado entre a Avenida Anhanguera e a Alameda das Rosas, no Setor Oeste. O Eixo Anhanguera possui uma estação bem em frente ao parque. Basta atravessar a avenida! Ademais, você também pode embarcar nas seguintes linhas: 052, 164, 167, 605, 607, 003, 027, 169, 187, 400, 901, 909 e 951. Todas possuem pontos de parada próximos ao parque.

Entre indas e vindas, o Zoológico de Goiânia foi reaberto em maio deste ano. E a espera valeu a pena! Para quem gosta de curtir a naturza e observar os animais exóticos, esta é a melhor pedida.

O zoológico fica dentro do Horto Florestal, uma área de 98.800 m² coberta por vegetação, na Alameda das Rosas, Setor Oeste de Goiânia. Se você prefere ficar do lado de fora do zoológico, não tem problema. O Horto abriga espaço para atividades esportivas, com pista de cooper, campos de areia e playground para a criançada.

Agora, se sua pedida é realmente ver as feras enjauladas, basta desembolsar a quantia simbólica de R$2. O zoológico funciona de terça a domingo, das 8h às 17h.

Jardim Botânico

Jardim Botânico
Localização e Linhas: A reserva fica entre a Alameda do Contorno e as Avenidas Botânico, no Setor Pedro Ludovico, Região Sul. Para chegar até lá, pegue a linha 183, que possui um ponto de desembarque próximo ao local.

Esta é a maior unidade de conservação dentro de Goiânia: possui surpreendentes um milhão (1.000.000) de metros quadrados de área verde! Abriga um remanescente de área fechada de mata, com espécies nativas do cerrado e animais silvestres.Possui lago e pista de caminhada, com acesso gratuito durante o dia e a noite. O Jardim Botânico é mais uma pedida para levar a criançada no final de semana!

Museu de Artes do Bosque dos Buritis

Bosque dos Buritis
Localização e Linhas: Entre as Ruas 1, 29, Avenida Assis Chateaubriant e Alameda dos Buritis. Embarque em qualquer uma das seguintes linhas, para ter acesso ao local: 003, 023, 027, 169, 187, 400, 401 ou 909. Desça no ponto da Avenida Assis Chateaubriand.

Um dos mais antigos e tradicionais parques de Goiânia, o Bosque dos Buritis é dono de uma rica vegetação em que vivem as mais variadas espécies de pássaros, além dos famosos “miquinhos” que divertem todo mundo que passa por ali. Os visitantes podem contemplar os dois lagos construídos no local, pista de cooper, caminhos internos, mirante, parque infantil, estação de ginástica e até mesmo um Museu de Arte, localizado dentro do parque. A área interna do parque fica aberta das 8 às 18 horas (a entrada não é cobrada).

Fonte: RMTC Goiânia

Mais Brasil

O Blog Mais Brasil agrega num só lugar tudo o que você precisa saber dos principais destinos do Brasil. Funciona como um guia de passeios para você se divertir e enriquecer culturalmente em suas viagens.

No Comments

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked