PARÓQUIA DE SÃO DOMINGOS DO ARACHÁ (XÁ) 1791

PARÓQUIA DE SÃO DOMINGOS DO ARACHÁ (XÁ) 1791

No século XVIII, bandeirantes aportaram nas terras do “Sertão da Farinha Podre”, hoje Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Os brancos que chegaram nesta região encontraram índios, na sua maioria da tribo dos Arachás e os negros também em quilombos. Na exploração das terras e no extermínio de tribos e quilombos, os brancos trouxeram também a religião católica e com ela a devoção ao santo espanhol, São Domingos de Gusmão. O nome do arraial, futura Araxá, foi São Domingos do Arachá (xá).

Em 1791, no dia 20 de outubro foi criada a freguesia com o nome do padroeiro. O primeiro vigário foi o Pe. Domingos da Costa Pereira. Até o pároco atual, mais de 50 sacerdotes geriram esta freguesia, Paróquia de São Domingos.

Pouco sabemos a respeito do trabalho de evangelização desta região. De acordo com a história da Igreja no Brasil poderemos dizer que no regime de padroado vigente (Igreja e Monarquia unidas), mais do que evangelizar pela palavra de Deus escrita, era ensinar a Doutrina Católica, fruto do Concílio de Trento e sacramentalizar os cristãos. Outro aspecto da evangelização desta época é a devoção aos santos, herança do Cristianismo da Península Ibérica. Esta herança permanece até hoje e ultimamente percebemos que existe uma volta acentuada desta maneira de evangelizar.

No século XIX, principalmente nas últimas décadas, a evangelização sofreu, também em Araxá, a influência dos bispos reformadores do Brasil. A evangelização valorizou em primeiro lugar o Clero, o ensino da Doutrina Católica e a sacramentalização nos moldes do Concílio de Trento. Como consequências temos a clericalização da Igreja, a reação até agressiva contra as outras religiões e a desvalorização da religiosidade popular considerada muitas vezes como superstição. Neste tempo os Sacramentos mais valorizados eram a Penitência e a Eucaristia, com uma ênfase enorme na Adoração do Santíssimo. Este modelo de evangelização na paróquia foi até o Concílio Vaticano II.

Em 1926, a paróquia é confiada à Congregação Salesiana. Os salesianos constroem o amplo templo que é hoje a igreja Matriz de São Domingos. Seguindo as normas do Vaticano, os salesianos continuaram a evangelização nos moldes tridentinos.

A partir do Concílio Vaticano II, novos métodos de evangelização são implantados na paróquia. A valorização e formação do leigo e as ações pastorais de conjunto serão as preocupações da Pastoral. Apesar da renovação do Concílio, a paróquia ainda foi liderada por movimentos. Se antes as Irmandades e Congregações lideravam a Ação Pastoral, agora, serão os Movimentos. Em ordem cronológica na paróquia predominaram o Movimento Familiar Cristão, o Cursilho, o Encontro de Casais com Cristo e, por último, a Renovação Carismática.

Atualmente a paróquia procura agir em diversas pastorais, sem desvalorizar os movimentos, mas dando novas formas a eles. Priorizamos as Pastorais Paroquiais.

Na atual Ação Pastoral, foram definidas em Assembléia cinco prioridades pastorais na paróquia: Pastoral Familiar, Catequese, Pastoral do Batismo, Pastoral dos Ministros da Eucaristia e Pastoral dos Idosos. Nas cinco regiões da paróquia o trabalho de evangelização é feito pelos leigos, maioria leigas, Irmãs Dominicanas e Franciscanas, dois Diáconos, o Pároco e dois padres salesianos. Procura-se hoje dar suporte aos leigos para que sejam evangelizados e evangelizem.

Estamos conscientes de que evangelizar é Memória e Profecia. Memória, atualização do que foi bom em termos de evangelização e correção das falhas de uma Igreja que nem sempre foi fiel à sua missão. Profecia é não cruzarmos os braços, ficarmos em triunfalismos do passado, mas criarmos novos métodos de evangelização.

A Paróquia de São Domingos fiel ao seu passado e ao carisma de seu Padroeiro tem consciência de que sua missão, mais do que nunca, é criar condições de anúncio e vivência do Evangelho nos diversos espaços sociais. É sua preocupação atingir o mundo moderno não com dogmas e disciplinas impostas por uma cultura, fruto de determinada época, mas tentar penetrar com o Evangelho de Jesus Cristo na atual cultura. Vinho novo em barris novos. Novos tempos, novos métodos e novas ações pastorais.

Se perdermos as ligações com o passado ficaremos sem História. Mas se perdermos as perspectivas de futuro deixaremos de ser sujeitos da História e mataremos a esperança própria do Cristianismo.

É missão da Paróquia de São Domingos do Araxá manter viva a fé em Jesus Ressuscitado agindo com justiça e solidariedade na sociedade de hoje e de amanhã.

Pe. Manoel Claro Costa – Pároco da Paróquia de São Domingos do Araxá.

HORÁRIOS

Domingos: 07:00h, 09:00h, 18:00h e 19:30h

Segunda a Sexta-feira: 06:30h e 19:00h

Sábado: 19:00h

ENDEREÇO: Mg-428

Mais Brasil

O Blog Mais Brasil agrega num só lugar tudo o que você precisa saber dos principais destinos do Brasil. Funciona como um guia de passeios para você se divertir e enriquecer culturalmente em suas viagens.

No Comments

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked