Baixo Augusta

Baixo Augusta

Uma região central, próximo à Avenida Paulista que, há alguns anos, se tornou um point para pessoas de todos os estilos curtirem a nightlife de São Paulo. Essa é a descrição de uma parte da Rua Augusta, conhecida como Baixo Augusta, que abriga várias opções de diversão. São cinemas, teatros e, principalmente, bares e baladas, desde os mais undergrounds e alternativos até nightclubs luxuosos e que estão no mainstream, o local abriga todos.

Por que visitar?
A região do Baixo Augusta é uma síntese da vida noturna e cultural de São Paulo. O local reúne skatistas, punks, alternativos, universitários, hipsters, fãs de rock, MPB, samba, soul e vários outros estilos. A Rua Augusta não faz distinção. Recebe bem os contrastes, pessoas de diferentes classes sociais que lá se reúnem à procura de apenas uma coisa: muita diversão. São dezenas de bares e casas noturnas, para quem quer dançar, ouvir música ou apenas ficar sentado conversando e tomando uma cerveja com os amigos. E não fica apenas por aí: a Augusta respira cultura. Lá, também há teatro com stand up comedy, algumas salas de cinema, restaurantes e lojas de roupas alternativas. Tem que conhecer.

Confira uma lista com alguns lugares em que todas as tribos podem se divertir.

Inaugurado em 2012, o bar Igrejinha, de clima despretensioso e público alternativo, é decorado com fitinhas do Bomfim, sofás antigos, tapetes e imagens de santos. Com funcionamento de quinta a domingo, as noites no estabelecimento são embaladas ao som indie rock. Entre os drinks servidos estão os tradicionais cosmopolitan, mojito, gin fizz e caipirinha, além dos especiais da casa, como o afrodite, feito com gin, aromatizante de violeta e twist de limão.

Casa de shows de decoração refinada, a Outlaws possui mil metros quadrados e capacidade para 800 pessoas e toca, principalmente, pagode, sertanejo e funk. No andar inferior, a casa possui pista de dança, dois camarotes, um bar revestido em veludo e um palco de sete metros de comprimento. A área VIP está localizada no piso superior, com um bar e uma mini pista de dança.

O clube Le Revê convida seus clientes a entrar num mundo de magia e de sonhos. Localizado onde antigamente encontrava-se um casarão tombado, o clube foi projetado para manter a construção com características do século XX. O espaço glamouroso possui bares na pista, no piso superior e nos camarotes, além de chapelaria com armários e cabine interativa de DJ, que toca sucessos da house music a partir dos anos 1990.

Tentando agradar a todos os públicos, o bar Tubaína foi o primeiro a receber o Selo Restaurante Sustentável: a maior parte da mobília do local é reutilizada em estilo retrô, além de utilizar água da chuva para o reuso com fins não potáveis. O cardápio possui opções vegetarianas e veganas, como parafuso à putanesca, penne ao sugo, moqueca de abóbora, sanduíche de caponata com banana chips, caldinho de feijão, entre outras. Já o cardápio de bebidas possui mais de 20 rótulos de refrigerantes feitos em cidades do interior de São Paulo, que são usados em drinks e em bebidas sem álcool.

O bar Volt é decorado com neons, privilegiando a madeira para reduzir a artificialidade das luzes. O cardápio possui drinks clássicos, como dry martini, manhattan, old fashioned e bebidas exclusivas da casa, como o Volt, feito com uva brasil, gengibre, suco de limão e vodka, e Neon, uma combinação de suco de abacaxi, xarope de maçã verde e vodka.

Drink do bar Volt. Foto: Divulgação.Montado onde antigamente encontrava-se o primeiro açougue da Rua Augusta, o Z Carniceria manteve a maioria dos elementos decorativos do antigo abatedouro, como ganchos, balanças e trilhos. Complementado com peças históricas da rua, o bar de ambiente mórbido possui clássicos das comidas de botecos em diferentes versões, além de chope, cervejas nacionais e internacionais e drinks.

Com paredes cobertas com folhas de outdoors, o bar Santa Augusta é decorado com mesas de madeira. O piso térreo é um bom lugar para o “esquenta” antes da balada, ao som de classic rock. Do mezanino, é possível avistar o bar e o telão, que exibe filmes, desenhos animados, shows e videoclipes. A pista, no segundo andar, é muito utilizada para eventos, como aniversários e despedidas.

O Mono Club possui decoração retrô, com um lounge na entrada para aqueles que querem experimentar os petiscos do cardápio, ao som de música mais lenta, que saem das caixas de som instaladas dentro de antigas geladeiras. Logo após o corredor, o cliente encontra a pista de dança com projeções de vídeos.

Uma das hamburguerias mais famosas da cidade, a Rock ‘n Roll Burguer possui 11 máquinas de pinball e trilha sonora de puro rock and roll. O cardápio possui diferentes tipos de hambúrgueres, alguns apelidados com nomes de astros do rock, além de drinks, cervejas, sucos, milk-shakes, entre outros.

Exquisito!
Bar de decoração descolada, com cartazes e fotos colados nas paredes, o Exquisito! atrai clientes pela música e comida latinas, como churros e bolinhos de carne, além de pratos peruanos, mexicanos e bolivianos. No cardápio de bebidas, estão inclusas cervejas importadas e chope.

Além deles, você não pode deixar de conferir a Blitz Haus, casa que reúne balada, gastronomia e games em um só lugar. Com festas itinerantes, as noites são definidas por ritmos: quinta-feira é dedicada ao pop, sexta-feira ao rock e sábado ao eletrônico/ pop. O Beco 203 é uma boa opção para aqueles que gostam de rock e curtem shows de bandas alternativas. Na Lab Club, as quartas-feiras são dedicadas à música pop, sem deixar de lado o electro e outras ramificações da e-music. Já nas quintas, é a vez da Under Line, organizada por DJs e produtores que traz consagrados nomes da música eletrônica. Às sextas-feiras, diversos projetos se instalam no Lab Club na festa I Like, com predominância de música eletrônica e suas vertentes, além de rock e pop. Aos sábados, é a vez do projeto Black Jack, com o melhor do electro, techno e o tech house. Na Club Outs, o ritmo predominante é o rock. A Inferno Club oferece, além de shows nacionais da atualidade e grandes bandas e DJs internacionais, uma programação eclética aos baladeiros. A Ballroom oferece um espaço preparado para receber festas e eventos como casamentos, aniversários, bar e bat mitzváh e, às sextas-feiras e aos sábados, abre as portas ao público com música e performances. O bar Vitrine possui amplo espaço e costuma lotar aos finais de semana pelo público que frequenta as baladas de rock e eletrônico da região. No bar HotSeria! batidas eletrônicas envolvem o ambiente. Outro bar que também é uma ótima opção é o Tapas Club, que se destaca pela boa programação musical, com noites de jazz, soul, rock experimental, dub, reggae, afrobeat e eletrônica. Já no The Pub, você se depara com sons de rock e blues para completar a vida noturna.
Fonte: Cidade de São Paulo

Mais Brasil

O Blog Mais Brasil agrega num só lugar tudo o que você precisa saber dos principais destinos do Brasil. Funciona como um guia de passeios para você se divertir e enriquecer culturalmente em suas viagens.

No Comments

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked