Brasília Indy 300″ garante Brasil na Fórmula Indy em 2015

Brasília Indy 300″ garante Brasil na Fórmula Indy em 2015

Corrida promovida e transmitida pela Band ocorre no dia 8 de março no Autódromo Internacional Nelson Piquet
O Brasil assegura sua participação na temporada da Fórmula Indy em 2015. A corrida será realizada no dia 8 de março, no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília. A pista será reformada para receber a categoria. Pelo acordo firmado entre a Indycar, Band e governo do Distrito Federal, as provas da Indy na cidade estão garantidas até pelo menos 2019.

Além de transmitir a corrida, a Band é a promotora da prova, que conta com o apoio da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal. Segundo a presidente da Terracap, Maruska Lima, Brasília está se tornando a capital de grandes eventos. “Já sediou a Copa das Confederações de 2013, a Fórmula Náutica e recentemente o mais importante do futebol mundial, a Copa do Mundo”, ressalta.

O vice-presidente da emissora, Marcelo Meira, revela que o investimento do Grupo Bandeirantes no evento ultrapassa 60 milhões de reais. “Estimamos que desse total, cerca de 40 milhões de reais sejam injetados diretamente na cidade através da contratação de serviços, equipamentos e infraestrutura. O valor também inclui investimento em equipamentos de última geração para a transmissão de tevê, apoio para a instalação das equipes com garagens e escritórios, montagem do race control , montagem de apoio médico-hospitalar e instalação de ações comercias.

Os números da Indy são mesmo gigantescos. Somente a organização da corrida envolve mais de duas mil pessoas, entre fornecedores e prestadores de serviço em geral. Apenas para abrigar as equipes, que chegarão à cidade com alguns dias de antecedência, são necessários cerca de 2.400 room nights. Durante o período do evento também serão servidas mais de seis mil refeições. O trabalho de transmissão da Band mobiliza mais de 300 pessoas com três unidades externas produzindo sinal local e sinal internacional captados por 40 câmeras de alta definição espalhadas pela pista, além de helicóptero e câmeras a bordo dos carros.

Com os pilotos brasileiros Helio Castroneves e Tony Kanaan em posição de destaque na categoria, a Indy mobiliza os fãs da velocidade. Agora, desembarca na cidade que ama automobilismo e que tem uma relação antiga com o esporte a motor. A Stock Car corre no circuito desde 1979 e a Fórmula Truck disputa etapas na pista desde 2002, lotando as arquibancadas.

O público estimado para primeira edição da Indy em Brasília também é elevado. No fim de semana da corrida cerca de 80 mil pessoas devem comparecer ao autódromo para acompanhar os treinos classificatórios, que ocorrerão no sábado (dia 7/03), e a corrida marcada para o domingo (8/03).
O evento, que é transmitido pela Band para todo o Brasil em 20 horas de intensa cobertura, também é levado ao vivo para 200 países, dando visibilidade internacional para a cidade.

Pilotos brasileiros na Indy

A Fórmula Indy, principal categoria de monopostos dos Estados Unidos, retorna ao país em um ótimo momento para os pilotos brasileiros Helio Castroneves e Tony Kanaan. Helinho foi vice-campeão da categoria na temporada deste ano e Tony Kanaan, campeão da temporada 2004, terminou o campeonato na sétima posição. Com os brasileiros na Penske e Chip Ganassi, duas das melhores equipes da Indy, a Brasília Indy 300 é garantia de emoção para os apaixonados por velocidade.

Tony Kanaan

Piloto da Indy desde 1998, Kanaan foi campeão da categoria em 2004, quando competia pela Andretti. No ano passado, pilotando pela KV Racing, Tony conquistou aquela que seria uma das maiores glórias para um piloto da Fórmula Indy; a vitória das lendárias 500 Milhas de Indianápolis. A conquista da prova mais tradicional do automobilismo mundial rendeu ao piloto baiano uma vaga na equipe Chip Ganassi na temporada 2014. Em 2015, Kanaan continua no time, ao lado do campeão de 2013, Scott Dixon. Tony comemora a volta da Indy ao Brasil: “Brasília retoma a emoção que vivemos todas as vezes que corremos para o público brasileiro. O evento no Brasil é um sucesso; ocorrendo na capital do país então é ainda mais especial. Estou muito animado”, afirmou.

Helio Castroneves
O piloto paulista estreou na Indy em 1998 e três anos mais tarde, em 2001, conquistou a primeira vitória nas 500 Milhas de Indianápolis, repetindo o feito em 2002 e 2009. Sempre muito competitivo, o piloto que desde 2000 faz parte da Penske, uma das melhores equipes da Fórmula Indy, também foi quatro vezes vice-campeão da categoria (2002, 2008, 2013 e 2014). Helinho diz que está ansioso para pilotar novamente no Autódromo Nelson Piquet, onde guiou no inicio de carreira. “Eu corri em Brasília no meu tempo de Fórmula 3. Isso é coisa de 20 anos atrás. Não vejo a hora de voltar a correr no Brasil.” Helinho também acredita que em breve mais brasileiros entrarão para a categoria. “Eu acho que não vai demorar muito tempo para a gente ter mais pilotos brasileiros na Indy. Tem uma galera muito boa correndo aqui nos Estados Unidos, nas categorias de acesso à Indy, então, logo logo a gente vai ter novidades.”

Comunicação Band

Eliane Leme – eleme@band.com.br / 011 3131 4198
João Raposo – jraposo@band.com.br / 011 3131 3735

Fonte: Maxpressnet

Imagem: Clique aqui

Mais Brasil

O Blog Mais Brasil agrega num só lugar tudo o que você precisa saber dos principais destinos do Brasil. Funciona como um guia de passeios para você se divertir e enriquecer culturalmente em suas viagens.

No Comments

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked